4 de ago de 2015

Vitória da investigação vegana nos EUA

Muitos dos vídeos filmados dentro de fazendas de produção que exploram animais são feitos por investigadores veganos que se infiltram em tais operações para conseguir as imagens e mostrar ao mundo o horror que os animais vivem.

O agronegócio tentou fechar essa via de ativismo com leis draconianas que tornem esse tipo de ação terrorismo. Chamado Ag-Gag, o primeiro estado americano que tentou calar os investigadores foi Idaho, um estado com alta concentração de fazendas de animais.

Mas felizmente um tribunal considerou o projeto de lei inconstitucional porque fere o princípio da liberdade de expressão. Um processor foi movido por uma coalizão de ONGs que inclui  o Animal Legal Defense Fund (ALDF), People for the Ethical Treatment of Animals (PETA), American Civil Liberties Union (ACLU) de Idaho e o Center for Food Safety (CFS).

O tribunal concluiu que a lei Ag-Gag, Idaho Code sec. 18-7042, é uma violação da primeira e décimoa quarta emendas ca constituição americana.



Postar um comentário