19 de out de 2014

Adriana Calcanhoto sobre o segundo turno

"Sou contra o governo que se fizer de distraído e não jogar uma pá de cal nos currais de novos coroneizinhos políticos, que não cabem mais em uma democracia que se consolida como a nossa, acabou a farra. Sou contra o governo que não entrar em guerra contra o trabalho escravo. Guerra ao trabalho infantil. Guerra à prostituição infantil. Exijo clareza de posição e firmeza na consolidação dos direitos das minorias. Dos direitos LGBT. Da afirmação do Estado laico. Da liberdade religiosa. Dos DIREITOS DOS ANIMAIS. Não cabe neste espaço de jornal tudo o que precisa ser feito e que, sem mudança de mentalidade, seguirá piorando. (Ler mais +)" 


Postar um comentário