22 de jan de 2012

Bovinos morrem de estresse, fome, sede e medo a caminho do matadouro, em MT

Animais sendo transportados para Paranatinga, no sudeste de Mato Grosso, morreram à míngua depois que o caminhão que os transportava atolou por mais de 72 horas. Os animais estavam presos nas gaiolas dos caminhões a caminho de um frigorífico, segundo o 24 Horas News

A única coisa feita por eles é uma tentativa de mantê-los em pé, quando o certo seria soltá-los. Mas como produtos, eles não têm esse ‘privilégio’ de tentar sobreviver. Essa é a face do holocausto animal que acontece em todo o mundo. 

Para aqueles que defendem o chamado ‘abate humanitário’ fica então a pergunta: existe também o ‘transporte humanitário’? O confinamento humanitário? Porque esse conceito de abate humanitário leva em consideração apenas o momento da morte, como se essa fosse a única coisa ruim que acontece com esses pobres animais. Mas a verdade é que o todo o ciclo de exploração é sinalizado com crueldade. 

Que esses animais descansem em paz.            
Postar um comentário