12 de jun de 2011

Austrália pretender matar camelos com a desculpa de evitar emissões


Imagine se algum político propusesse matar pessoas para diminuir o problema do aquecimento global? Pois é algo parecido que os australianos estão pensando em fazer com os camelos. 


Os camelos foram levados para lá pelos colonizadores europeus, que no processo de invasão do território também dizimaram as populações humanas que já viviam lá, além de várias outros animais não-humanos. 

A ‘medida’ foi anunciada pelo Departamento de Alterações Climáticas e Eficiência Energética, em Canberra, como parte da Carbon Farming Initiative. O holocausto vitimaria 1.200.000 camelos selvagens que são ‘acusados’ de destruir a vegetação e emitir o equivalente de uma tonelada de carbono por ano em metano. O método de abate seria tiro de helicóptero ou matadouros. 

Sugestão: porque a Austrália simplesmente não para de reproduzir vacas e ovelhas, cujas populações são muito maiores e causam muito mais dano para o meio ambiente? Controlar a população humana e o consumismo desenfreado com certeza ajudaria também. Com informações do Diário Digital.
Postar um comentário