31 de mai de 2010

Oficial da Malásia recorre a deus para justificar uso de cobaias

Quando uma coalizão de ONGs de proteção animal escreveu para o governo malasiano para pedir a proibição da instalação de um laboratório de cobaias em seu país, a resposta do ministro chefe, Mohamad Ali Rustam foi que “deus criou os animais para o benefício dos seres humanos ... Deus criou os macacos e alguns tem que ser testados”, ele disse.

A declaração do oficial gerou mais críticas das ONGs, que dizem que o projeto causará imenso sofrimento, dor e morte para milhares de animais. Em questão está o centro de biotecnologia que a empresa indiana Vivo BioTech pretende estabelecer no estado de Malacca onde cães e primatas serão usados em testes. A empresa indiana quer se estabelecer na Malásia porque em seu país as leis que regulam testes com cobaias são severas enquanto na Malásia elas são inexistentes.

“Os primatas serão roubados de nossas florestas para ser testados. E para que? Testes em animais não levam a nada”, disse Christine Chin-Radford, da sociedade de prevenção de crueldade contra animais na Malásia. Segundo as ONGs, as empresas estão transferindo testes para a Ásia onde existem menos regulamentos e os custos são mais baixos do que no ocidente.

Enquanto os primatas serão arrancados de seu habitat natural, Vivio disse anteriormente que pretende importar beagles da Holanda.

No ano passado, uma empresa francesa de pesquisa farmacêutica entrou com um pedido para a construção de um laboratório de testes no estado de Johor, onde macacos importados seriam usados como cobaias. O projeto foi suspenso devido aos protestos de grupos ambientalistas.

Fonte: AP

Assine: Petição

Compartilhe essa postagem
Postar um comentário