10 de jul de 2018

Pamplona e a celebração do grotesco

Não existe palavra mais adequada para descrever o que acontece em muitas cidades espanholas que celebram bullying, violência e chauvinismo em nome de uma tradição. Tradição é como religião: lança-se mão desse conceito quando se quer defender o indefensível.

No momento vemos por imagens circuladas na internet os horrores da corrida de touros em Pamplona, onde muitos animais já morreram e várias pessoas já ficaram feridas, no caso por vontade própria.

Alguns dias atrás, mais de 100 ativistas ocuparam a Plaza Consistorial de Pamplona para executar um protesto com muita teatralidade e impacto, para mostrar ao mundo o horror que estava por se inaugurar nas ruas da cidade.



Postar um comentário