28 de abr de 2018

Governo Macron na França em cruzada antivegetariana

O legislador francês Jean Baptiste Moreau, do mesmo partido que o presidente mauricinho Macron, decretou que produtos vegetarianos não podem ser chamados de 'salsicha' ou outros nomes que, segundo ele, levam o consumidor a ser enganado, porque esperam que o produto tenha carne.

A medida é obviamente um ataque ao mercado de produtos sem crueldade, e demonstra onde exatamente esse partido En Marche! de Macron se situa na França: no mesmo palanque que os fazendeiros do agronegócio que vivem do sangue alheio.

Não se iluda com esse Collor de Melo francês fazendo discurso nos EUA sobre meio ambiente: ele é um neo-liberal que faz política para os grupos econômicos.
Postar um comentário