21 de mar de 2018

Cidade de São Francisco, nos EUA, proíbe a venda de peles

"Nem todos evoluíram"

São Francisco, na Califórnia, a cidade que esteve a frente de várias revoluções culturais do século XX (como o movimento gay e a contracultura) mais uma vez mostra que está na frente quando se trata de mudanças de comportamento.

A cidade anunciou que a venda de produtos usando peles de animais está proibida. Isso aí. Ninguém pode mais vender casacos de peles ou outros produtos que tenham esse tipo de material cruel. A câmara legislativa aprovou o projeto de lei por unanimidade. A lei passa a valer em janeiro de 2019.

"Mais de 50 milhões de animais são violentamente mortos todo ano pela indústria da moda," disse Katy Tang, autora do projeto de lei. "Sâo Francisco é uma cidade de valores progressivos e nós acreditamos nos direitos de todas as pessoas e de todoas os seres vivos."

A cidade dá um exemplo de como colocar ética acima do lucro. A venda de casacos de peles movimenta entre 10 e 40 milhões de dólares por ano.

O prefeito Mark Farrell já anunciou que vai sancionar a lei.

Viva São Francisco!

Fonte: San Francisco Examiner




Postar um comentário