7 de jun de 2016

Orca tenta suicídio em parque aquático na Espanha


Nós sabemos que alguns animais podem cometer suicídio para fugir de uma infelicidade extrema. Os golfinhos, por exemplo, param de respirar. Foi o suicídio de um golfinho que levou Ric O'Barry a se tornar um ativista pela causa, e inspirado o filme The Cove. Kathy era um dos golfinhos que ele treinava para aparecer na série Flipper e ela morreu em seus braços, de aparente suicídio.

Em pleno 2017 e nós ainda estamos levando animais ao desespero pela vida em cativeiro. Uma orca chamada Morgan, que é explorada pelo Loro Parque em Tenerife, recentemente saiu da água e ficou 10 minutos na beira da piscina, em frente a um público estarrecido. O incidente aconteceu no dia 16 de maio mas as imagens começaram a circular esta semana.

Segundo especialistas, orcas às vezes vem até a praia para caçar mas raramente passam tanto tempo fora d'água porque o peso do seu corpo pode esmagar seus órgãos internos. Mesmo quando dormem elas mantem movimento na água.

As imagens mostram que Morgan se movia um pouco mas não demonstrava interesse em voltar para a água, sua prisão de cloro, um inferno claustrofóbico para um animal que viaja dezenas de quilômetros todos os dias quando vive no mar.

Isso tem que acabar.

Assista o vídeo:




Postar um comentário