19 de jun de 2016

Moradores de favela paulista protestam contra assassinato de cão comunitário

RIP Bob
A polícia odeia a poesia; cachorro é poesia, é pureza, a antítese do que essa instituição anacrônica e violenta simboliza. (Ler artigo completo)
Postar um comentário