7 de abr de 2014

Há algo de podre no reino da Dinamarca


A Dinamarca exporta carne de porco – e muita. O país tem 5.4 milhões de habitantes mas 24 milhões de porcos, explorados em 13.000 fazendas de confinamento (média de 1.846 por fazenda), de onde saem como cadáveres para alimentar a Europa, principalmente a Alemanha.

Mas agora ambientalistas estão preocupados com o impacto ambiental dessas operações altamente poluentes. Detrito dessas fazendas são o suficiente para encher 90.000 piscinas de tamanho médio por ano.

Um movimento chamado Gylleramt está trabalhando para reverter essa situação. Eles não são veganos, mas o fato é interessante porque mais uma vez demonstra a inviabilidade da agricultura animal para o meio ambiente.

Na próxima semana, visitantes alemães à praias dinamarquesas receberão panfletos pedindo que eles boicotem carne de porco da Dinamarca. Os exploradores de porcos consideram a ação como uma traição ao país. 

Hahaha.

Fonte: The Economist
Postar um comentário