7 de out de 2013

Oktoberfest ofereceu opções veganas na Alemanha

Esta postagem chega um pouco atrasada mas acho que vale a pena registrar esse fato inédito sobre aquela manifestação cultural quintessencialmente alemã: o Oktoberfest, que terminou ontem, daí o atraso do post. Mas ouça isso: O número de vegetarianos está crescendo na Alemanha e para acompanhar a mudança de o Oktoberfest ofereceu este ano opções de comida vegana para os visitantes.

Como muita gente sabe o Oktoberfest é um massacre de animais e do fígado dos foliões que se empanturram de cerveja. No ano passado foram mortas meio milhão de galinhas, 116 bois e consumidas 115 mil salsichas de porco, segundo uma reportagem da ABC News.

Mas este ano muitas barracas venderam comida vegana porque muitos estrangeiros e alemães não suportam o cardápio carregado de carne. Dos sete milhões de vegetarianos na Alemanha, 800 mil são veganos, segundo dados da VEBU.
A família Bachmier, dona do restaurante Herzkasperl, foi a primeira a incluir comida vegana, inspirada pela experiência do filho em um restaurante vegano em Munique.

“A comida vegana é a melhor forma de garantir que pessoas de todas as religiões e aquelas que não comem produtos animais por convicção não sejam excluídas das festividades,” disse Martin Jonas que trabalha no Herzkasperl há quatro anos.

E a outra boa notícia é que a qualidade da cerveja alemã, controlada por uma lei de pureza chamada Reinheitsgebot, de 1516, é que os veganos também podem apreciar.

Quem conhece, sabe como a cerveja alemã é deliciosa.

Fonte: ABC News
Postar um comentário