29 de out de 2013

Jacarta começa a salvar macacos da exploração nas ruas



Forças de segurança na Indonésia estão fazendo vistorias em Jacarta para resgatar macacos forçados a trabalhar como “artistas” nas ruas. Alem do mais, os macacos tem que usar máscaras e roupas.

O governador de Jacarta, João Widodo, não quer mais nenhum macaco sendo forçado a trabalhar na beira de estradas ate o final do ano que vem. Ele alega que alem de ser cruel e atrapalhar a ordem publica, a medida visa também impedir a proliferação de doenças.

A administração publica vai comprar todos os macacos explorados por cerca de 90 dólares (cerca de 200 reais) e abrigá-los no zoológico de Jacarta. Os exploradores dos animais receberão auxilio para aprender uma nova profissão.

Em 2011 a ONG de defesa animal Jacarta Animal Aid Network resgatou 40 animais em estado deplorável, sofrendo de doenças como tuberculose e hepatite. Desde que a decisão foi tomada, cerca de 22 animais já foram resgatados e postos em quarentena por razoes de saúde. A ONG estima que existam cerca de 350 animais trabalhando nas ruas de Jacarta e que eles não podem viver com outros primatas em zoológicos ou sobreviver na natureza.

Comentário: ir para um zoológico esta longe de ser a solução ideal para esses animais, mas considerando o nível de pobreza de seus exploradores e as condições dos animais, esse passo pelo menos impede que novos macacos sejam abduzidos para essa roda viva cruel de exploração. Aos animais que estão sendo resgatados, resta a esperança de uma aposentadoria (quase) digna.

Fonte: Guardian
Postar um comentário