13 de jul de 2013

San Diego: pet shops não podem mais vender animais

Foto: Divulgação
San Diego em breve se tornará a 32ª cidade americana a proibir a venda de animais em pet shops, incluindo cães, gatos e coelhos. A câmara de vereadores da cidade aprovou a nova regulamentação com um voto unânime. Recentemente Los Angeles e Chula, também na Califórnia, proibiram a venda de animais em pet shops.

Gary Weitzman, presidente da San Diego Humane Society, disse ao UT San Diego que o objetivo da lei é coibir o transporte de animais de instalações comerciais e incentivar a adoção de animais indigentes de abrigos locais e organizações de resgate.

A regulamentação diz que nenhum pet shop pode exibir, vender, entregar, pôr a venda, leiloar, dar, transferir e se desfazer de animais de companhia na cidade. Pet shops já em atividade têm seis meses para por fim a tais atividades. Essas lojas poderiam ainda oferecer a adoção de cães, gatos e coelhos em parceria com um abrigo ou grupo de resgate.

Quem desrespeitar a lei receberá uma multa de $250 (R$500) para a primeira ofensa, $500 (R$1.000) para a segunda e $1.000 (R$2.000) para a terceira e daí em diante. A lei prevê exceções para pessoas que criam animais em suas casas e abrigos operados publicamente e organizações de resgate sem fins lucrativos.
Postar um comentário