4 de jun de 2013

Protetor de tartarugas assassinado na Costa Rica

Foto: Seeturtles.org
Foto: Seeturtles.org
A dedicação de um ambientalista para proteger as tartarugas na Costa Rica lhe custou a vida. Jairo Mora foi encontrado com o rosto para baixo e suas mãos amarradas em Moin Beach, a 170 km da capital de São José.

Segundo, Vanessa Lizano, a proprietária do santuário de tartarugas onde Jairo trabalhava, ele foi morto por causa de seu trabalho. “Jairo estava fazendo patrulha com voluntários e eles foram atacados por homens armados. Era ele que eles queriam porque era ele quem sempre tomava conta dos ninhos, ela disse a BBC.

Ovos de tartaruga marinha são considerados uma delicatesse em algumas partes do mundo e os caçadores ilegais conseguem fazem cerca de R$600 por dia vendendo esses ovos no mercado negro. Ela disse que já recebeu muitas ameaças por causa de seu trabalho com as tartarugas.

Especialistas dizem que as populações de tartaruga estão em declínio na América Central por causa da caça ilegal.

A polícia está investigando a morte do ambientalista.
Postar um comentário