29 de nov de 2012

Ativistas se revoltam contra o assassinato de urso com deficiência física, nos EUA

Um urso magro de apenas três pernas que circulava entre um condomínio em Blue Ridge Mountains em North Carolina, nos Estados Unidos,  foi morto friamente a tiros a pedido de moradores locais. O urso costumava buscar comida em latas de lixo e brincar no campo de golfe, segundo o Huffington Post.

Defensores da vida animal tentaram desesperadamente encontrar um santuário para o animal quando os moradores começaram a demonstrar hostilidade, mas infelizmente em vão.

O animal foi morto em Mountain Air, a cerca de 50 quilômetros ao norte de Asheville e se tornou o centro de uma revolta contra os métodos da comissão de gerenciamento da vida selvagem, que tende a preferir métodos letais para se livrar de animais que “causam problemas”.

“Quando se trata de ursos que causam incômodo, a política é simples: atire neles.,” disse Millie Bowling, uma defensora dos animais. “Isso é errado e precisa mudar.”

Comentário: o problema como sempre é que os seres humanos ocupam cada vez mais o habitat de animais e depois reclamam de sua presença. A situação ecoa muito o que os colonizadores americanos fizeram com os índios e outros animais que eles levaram à extinção. Isso demonstra que nada se aprendeu com a história, todos aqueles museus do Holocausto, etc obviamente tem falhado em seu papel de usar o passado como lição.

Postar um comentário