10 de nov de 2012

Filme francês explora orcas durante produção

Por Lobo Pasolini (da Redação)

Mais um filme que merece ser boicotado. De rouille et d'os , que aparentemente será chamado Ferrugem e Osso no Brasil, foi dirigido por Jacques Audiard e está sendo criticado por ter usado orcas em cativeiro como elemento chave da narrativa.

“Nós estamos chocados que o director aprovou o encarceramento de orcas ao usar animais usados em espetáculos no filme,” disse Jan Creamer, diretor da Animal Defenders International (ADI)

Orcas e golfinhos vivem em grupos familiares muito próximos e o cativeiro os condena a uma vida de miséria. O resultado é que eles morrem jovens, normalmente aos 20 anos, sendo que em seu habitat eles vivem até os 60.

O confinamento pode geral comportamento anormal e agressivo, como a morte da “treinadora” Dawn Brancheau pela orca Tilikum em SeaWorld, Orlando, mostrou.

Creamer disse que está desapontando com a estrela do filme, Marion Cottilard (Piaf) que já fez declarações de ser contra o confinamento de animais. A atriz disse que teve que trabalhar sua rejeição daquele mundo, mas que ela tinha um trabalho a cumprir.

Ou seja, em se tratando de dinheiro, a ética e a vida de animais extremamente complexos ficaram em segundo plano para Cottilard.

 Fonte: Global Animal

Postar um comentário