8 de out de 2012

Touros mortos ilegamente em produção cinematográfica espanhola

Sob o slogan de "abolição das touradas", os manifestantes se reuniram dia o1 de outubro perto do Teatro de la Zarzuela, em Madri, onde Blancanieves foi projetado com música ao vivo composta por Alfonso de Vilallonga.

O advogado da plataforma "La Tortura no es cultura", Blake Sanz, disse à Agência Efe que já apresentou uma queixa aos tribunais por violação de leis de proteção animal.

No entanto, o produtor do filme se negou a recebê-lo, e negou qualquer tipo de abuso, alegando que as seqüências filmadas com os touros foram feitas sob a supervisão de veterinários.

Gritando "tortura não é arte ou cultura" e "os direitos dos animais", os manifestantes pacificamente receberam convidados para a exibição de "Branca de Neve", entre os quais o ministro da Educação, cultura e Desporto José Ignacio Wert.

Tambem estava presentes o diretor do filme, Paul Berger, acompanhado dos atores Maribel Verdú, que interpreta a madrasta malvada, Inma Cuesta e Garcia Macarena.

Blancanieves e o filme candidato para representar a Espanha na próxima edição do Oscar.

Segundo um relato do Blog Veterinario, nove animais foram assassinados ilegalmente durante a filmagem.

Fonte: El Pais
Postar um comentário