29 de set de 2012

Veganismo agora algo normal, diz New York Times


Um artigo publicado nesta segunda feira (24) descreve a normalização da comida vegana nos Estados Unidos. A mensagem central do artigo é que o veganismo não é mais coisa de rastafáris tomando suco de cenoura e atinge pessoas de todos os níveis sociais, inclusive muitas celebridades, como Ellen DeGeneres e sua esposa Portia de Rossi.

Los Angeles parece estar no epicentro desta revolução. Nos restaurantes mais sofisticados em Beverly Hills e até mesmo nos pubs em San Fernando Valley, o veganismo tem mudado a paisagem os hábitos da elite gastronômica naquela cidade.

As coisas nem sempre foram assim na meca do cinema. Segundo Kathy Freston, uma autora de livros populares sobre veganismo e com fortes conexões com o mundo das celebridades, disse que apenas uma década atrás ninguém estava interessado nisso. “Eu lembro Werner Herzog gritando para mim durante um jantar quando eu estava fazendo a transição. Ele tirou um sarro da minha cara. No começo eu não conhecia ninguém que era vegano,” ela disse ao jornal.
As razões para a mudança são várias, diz o artigo, citando saúde, meio ambiente, aversão à crueldade contra animais e vaidade. Os restaurantes se adaptam e oferecem opções veganas para atrair seus clientes famosos.

“Eu não acho que seja possível ir a um restaurante quatro estrelas em Los Angeles e não encontrar uma opção vegana,” disse Ron Russell, chef e proprietário do SunCafe. “A clientela exige.”

O artigo pondera se essa tendência vai perdurar. Kathy Freston diz que acredita que sim. “As pessoas querem prolongar suas vidas. Elas querem viver bastante tempo.”

Postar um comentário