26 de set de 2012

Rancho dos Gnomos escreve carta aberta a Beto Carrero

O Rancho dos Gnomos quer salvar; Parque Beto Carrero World quer eutanasiar
IBAMA/SC solicita resgate de animais, mas o Rancho é impedido pelo parque de fazê-lo.

S.O.S LEÕES

Nos meses de agosto e setembro/2012, recebemos telefonemas e e-mails do IBAMA/SC solicitando que nossa equipe fosse até a cidade de Penha/SC e resgatasse uma leoa.

O mais surpreendente é que essa leoa está no Parque Beto Carrero World!

O parque em questão solicitou ao IBAMA autorização paraEUTANASIAR, SACRIFICAR, MATAR esta leoa pelo simples fato do animal estar com AIDS Felina (imunodeficiência felina).

No Rancho dos Gnomos já tivemos e temos leões com AIDS Felina vivendo super bem, além do mais, o Parque Beto Carrero World importou alguns leões brancos, deixando claro que estão interessados na novidade, não tendo mais interesse em leões comuns e, ainda por cima, doentes.

Com muita indignação começamos nos organizar para mais este resgate e fomos em busca de parceria que possibilitasse salvar mais uma vida.

Em contato direto com o IBAMA, fomos surpreendidos com a notícia de que o pessoal do parque, não respeitou a determinação do Órgão Federal em manter a leoa doente separada dos demais leões, como medida preventiva, pois a AIDS Felina é contagiosa. Eles colocaram a leoa doente junto com um casal de leões e, agora, possivelmente são 03 (três) leões doentes.

Fomos em busca de mais apoio e estávamos correndo contra o tempo, pois temíamos o extermínio dos 03 (três) leões (1 macho e 2 fêmeas).

Quando estávamos praticamente com tudo pronto, fazendo os últimos ajustes para esse triplo e complexo resgate, recebemos a ligação do IBAMA falando que o pessoal do Parque Beto Carrero World impôs que o resgate acontecesse somente nas 2ª ou 3ª feiras, justamente os dias em que o parque está fechado para o público. Aceitamos a imposição e mudamos a nossa agenda.

Mais tarde, outro telefonema do IBAMA: fomos informados que o Parque Beto Carrero World não autorizou a entrada da equipe do Rancho dos Gnomos em suas dependências. Eles foram enfáticos em afirmar que “o Rancho dos Gnomos não entraria no parque para fazer o manejo dos animais”.

Diante de mais um absurdo envolvendo órgão público, parque de entretenimento e animais, não tivemos alternativa: cancelamos momentaneamente a ação.

Ficam aqui nossas perguntas:

1) Por que um Órgão Público Federal se rende completamente às imposições de um parque de entretenimento, onde são utilizados animais para o deleite humano e, quando adoecem e envelhecem, são descartados sem o menor pudor?

2) Por que o IBAMA não solicitou uma liminar junto ao Ministério Público que possibilitasse a entrada da equipe do Rancho dos Gnomos até o local onde estão os animais e os resgatassem?

3) O que vão fazer com os 03 (três) leões que estão precisando de ajuda, de amparo e tratamento?

4) O que o Parque em questão teme que o Rancho dos Gnomos veja em seus bastidores?

5) Você freqüentaria locais que tratam animais dessa maneira?

(Via Vista-se)
Postar um comentário