5 de mar de 2012

Vergonha nacional: bovinos brasileiros morrem em alto mar perto do Egito


O governo brasileiro acha que aumentar a exportação de animais vivos é uma forma de ‘progresso’, mas para os animais que geralmente saem da Amazônia para o Oriente Médio, a jornada é um pesadelo que acaba em tragédia.

Como se não bastasse o prospecto de uma morte halal (sem atordoamento prévio, como prevê a regra muçulmana), existe a possibilidade de um acidentes de viagem, como já aconteceu. E exatamente hoje, milhares de bois e vacas estão a míngua em um navio que partiu do Brasil para o Egito.

O alerta foi feito pela ONG inglesa Compassion in World Farming sobre o navio Gracia Del Mar que saiu do Brasil para o Egito com milhares de animais a bordo. O navio encontra-se parado no Mar Vermelho próximo a Eritrea. Segundo a CIWF, cerca de 2,750 animais já morreram e os outros sofrem com a situação. Para piorar a situação, nenhum porto aceita o navio por causa dos animais mortos.

A CIWF formulou uma carta de apelo às autoridades dos dois países para tomar uma providência urgente porque, segundo relatos, a situação a bordo é desesperante.

Isso é o resultado de se tratar animais como mercadorias. Isso é o que dá o Brasil se manter nessa posição anacrônica de fornecedor de carne para o mundo, às custas de nossas florestas. Será que o Governo Dilma acha que isso é progresso? Enviar animais vivos do Brasil para o Egito?
Postar um comentário