9 de fev de 2012

Feira em Porto, em Portugal, vende até cangurus

A Sociedade Vegan, uma organização vegana de Portugal, denunciou em seu website que uma feira na cidade de Porto vende até cangurus. E o que é pior, os vendedores têm licença para o fazer. A organização disse em seu website que após a denúncia, O SEPNA (Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente) disse que cangurus podem ser comercializados porque não se encontram protegidos pela legislação de conservação da natureza. 

O que as autoridades, em toda sua miopia burocrata, não parecem perceber é que, ninguém compraria um canguru com boas intenções. Quem pode querer ter esse animal em Portugal? Com certeza não para colocá-lo em um apartamento. O fato da venda de um animal estar legalizada e talvez dele ter sido criado em cativeiro não muda uma verdade fundamental: uma vida está sendo comercializada como se fosse um objeto.

De um ponto de vista ético, todo animal vendido é um animal traficado e toda pessoa que compra um animal, independente do IBAMA e equivalentes dizerem que está tudo bem, compactua com esse crime contra a vida. A feira no Porto realiza-se todos os domingos 7.30h e as 12.30h em frente à antiga “Cadeia da Relação” e ao Jardim da Cordoaria.
Postar um comentário