21 de jan de 2012

Agente do governo avisou fazenda de perus sobre batida policial, nos EUA

A rede de TV americana ABC News descobriu que a fazenda Butterball, que foi alvo de uma investigação de câmera escondida pela ONG vegana Mercy for Animals, foi avisada da batida policial que a investigação ocasionou. O vídeo mostra funcionários brutalizando e matando perus. 

No dia 08 de dezembro, a polícia de Hoke County realizou uma batida na fazenda da Butterball em Shannon, no estado de North Carolina. As autoridades inspecionaram 2.800 perus, confiscaram 28 e realizaram eutanásia em quatro. Segundo a informação descoberta pela ABC News, o escritório do procurador de Hoke County District pediu ao departamento de agricultura de North Carolina se eles o ajudariam na batida, já que esse departamento público é encarregado de inspecionar animais em fazendas. 

Um funcionário daquele órgão, o diretor do programa de saúde animal, então soou o alarme para a fazenda. As autoridades policiais agora estão investigando essa aparente quebra de sigilo, e vão pedir um mandato para investigar chamadas telefônicas entre Butterball e o departamento nos dias que antecederam à batida. “É muito perturbador que uma agência cuja função é monitorar e supervisionar a produção de comida seja tão corrupta a ponto de defender os interesses corporativos que foram documentados abusando e negligenciando animais,” disse Nathan Runkle, diretor executivo da MFA.  
Postar um comentário