22 de dez de 2011

@rrassessoria: Publicidade não pode ser feita às custas de vidas alheias

Uma agência de publicidade deveria saber melhor o que é trabalhar com sua imagem e realmente é incrível que uma organização chamada RR Assessoria possa ter tido a ideia infeliz de dar pintinhos de presentes para seus clientes. Qual o próximo? Importar bebês africanos para que os clientes se sintam como Madonna ou Anjelina Jolie, estilo Bruno? 

A adoção de animais deve sempre partir do adotante porque ele tem que ter pensado muito sobre o assunto antes. Imagina se alguém chega à sua casa com um gato de presente? Se você não aceitar, o que fazer com ele? Devolver? Para quem? 

 Ah, no caso da RR parece que eles  convenientemente devolveriam para a granja, ou seja, eles estão dando lucro para pessoas que exploram animais como um modo de vida. 

 Realmente esse ano não é o ano de Goiás para os animais. Depois da psicopata do balde, agora essa. Que 2012 traga melhores notícias do centro-oeste brasileiro. 

 (A imagem mostra a repercussão negativa no Twitter que a ideia de dar pintos como brindes gerou).
Postar um comentário