13 de dez de 2011

Campanha para salvar touro de tortura na África do Sul

Um ritual zulu que consiste da tortura de um touro pelas mãos de 40 ‘guerreiros’ zulus, que matam o animal com as próprias mãos, está para acontecer. 

A tortura do animal acontece em meio a um festival chamado Ukweshwama que acontece todo ano para celebrar a nova colheita na África do Sul. 

Os guerreiros colocam areia e lama na garganta do touro, arrancam seus olhos e torcem sua genitália. Eles então batem e chutam o animal, que sofrerá uma morte lenta e dolorosa. 

Em 2009 a Animal Rights Africa entrou com um pedido em um tribunal sul africano para que o ritual sadístico fosse proibido, mas seu pedido foi negado. 

Vamos ver se esse ano o bom senso e a compaixão prevaleçam sobre uma ideia distorcida e chauvinista do que é ‘tradição’. 


Assine a petição.

Share on Tumblr
Postar um comentário