22 de out de 2011

Rainha da Inglaterra atrai protestos, na Austrália

Manifestantes locais pediram que a monarquia inglesa pare de usar pele de urso em chapéus cerimoniais.

A Rainha Elizabeth essa semana foi alvo de um protesto de ativistas da PETA (Pessoas Pelo Tratamento Ético dos Animais) quando chegava em Canberra, na Austrália.

“Como australianos nós achamos o uso de pele de urso nos chapéus da guarda totalmente inaceitável”, disse a porta-voz da PETA, Karen Vincent. Cerca de 140 ursos são assassinados todo ano para fazer os chapéus. “Os que são feridos não são capturados e são abandonados na floresta, onde eles morrem de fome, desidratação e infecção. E entre as vítimas estão mães”, acrescentou Karen.

A organização disse que esteve em contato com o ministro da defesa britânico sobre a possibilidade de substituir a pele por um material artificial. Ao que parece, o ministério é receptivo à idéia desde que o material sintético atinja o padrão desejado. O protesto foi interrompido quando a gerência do aeroporto retirou a licença dos manifestantes para protestar do lado de fora do terminal. 


Fonte: News.com

Postar um comentário