14 de out de 2011

Cruel, mesmo que tingido de cor-de-rosa


O site Planeta Bizarro da Globo mostrou algumas fotos do que se poderia chamar ‘cães transformistas’ durante uma competição de ‘grooming’ (arte de fazer penteados) em Swanley, na Inglaterra. Um Poodle virou ‘Meu Pequeno Pônei’, e outro virou um dragão durante o evento.


A matéria original em inglês no Daily Telegraph tem mais detalhes. Ela diz que apesar desse tipo de competição ser uma coisa americana, ela está começando a pegar na Inglaterra.

A competição foi organizada por Louisa Tandy que é dona de um salão para cães. Segundo a matéria, as tintas são vegetais e que os animais são bem tratados. “Para eles é apenas mais um dia no pet shop e eles adoram a atenção” ela disse.

Bom, eu acredito que em se tratando de Inglaterra o cuidado com os animais é genuíno mas a questão não é essa. Esse tipo de evento, além de uma certa forma ridicularizar os animais, está muito ligado a criação de certas raças, que são comercializadas como produtos.

A intenção não é ser cruel com os animais presentes, mas os animais como um todo sofrem com essa coisificação de seus corpos. Ao apresentá-los como bonecos decorativos e produtos a venda, as pessoas envolvidas perpetuam a noção de que seres senscientes são um prazer estético. Crueldade nem sempre é uma coisa intencional e física, mas a conseqüência é a mesma.

  Share on Tumblr
Postar um comentário