8 de set de 2011

Quem é o monstro aqui?


‘Monstro’. ‘Assassino’. ‘Ameaça’. ‘Bichão’. 


Esses são alguns dos termos pejorativos usados para se referir a um crocodilo gigante capturado em Bunawan, Filipinas, por ordem do prefeito Cox Elorde. 

Ele decretou a ‘prisão’ do animal livre e sem crime que agora estará confinado em um parque temático no sul da cidade, ou seja, sua pena é prisão perpétua. 

A suspeita é de que ele tenha matado um pescador. Não há provas e mesmo que fosse esse o caso, não seria a morte um risco ocupacional neste caso? Pescadores matam peixes todo o tempo e é muito raro que a natureza se volte contra eles. 

Tudo isso, claro, não passa de um golpe de mídia para transformar o animal em atração e fonte de renda. E neste processo, a humanidade utiliza aquele velho truque de se posicionar como ‘vítima’ e a natureza como algo feroz que deve ser domado, intimidado e domesticado. 

Mas é exatamente essa pretensão e agressividade que tornou os humanos os verdadeiros monstros que rondam o planeta. 
  
Fonte: R7

Postar um comentário