11 de set de 2011

Autoridades portuguesas fazem vista grossa para assassinato de touro


As vezes eu me pergunto: para que serve a União Européia. Esses barbarismos com animais na península ibérica, os maus tratos de animais de rua no leste e na Grécia ... tudo isso seria impensável em países do norte. Mas, no entanto, eles continuam a acontecer nessas partes mais atrasadas do continente. A União Européia em Bruxelas tem o poder de pôr um fim a isso, mas pelo visto falta vontade política. 

Essa manifestação de violência coletiva em Portugal que aconteceu ontem é uma lembrança viva de um continente que se hoje é uma ilha de prosperidade e civilidade no mundo, ainda carrega o gene do barbarismo. Eu não posso imaginar o que o irmão touro passou, só, amarrado, assustado com a cacofonia de sons ao seu redor sem que ninguém mostrasse por ele compaixão. Essas pessoas que a gente vê na foto são psicopatas, seres doentios que se divertem com a dor alheia. A única coisa que dá para sentir por elas é um desprezo profundo. 


Postar um comentário