2 de ago de 2011

Morrissey defende seus comentários sobre a tragédia na Noruega

Foto: Toronto Sun

Morrissey, o ex-vocalista da banda Smiths e dedicado vegano, lançou uma nota sobre seu comentário durante show na Polônia no qual ele lamentou o massacre da Noruega e disse que os animais são vítimas de massacres como aquele todo o tempo. 


Ele disse: “O comentário que eu fiz no palco em Warsaw pode ser explicado melhor assim: Milhões de seres são assassinados todos os dias para financiar os lucros do McDonalds e KFC. Mas porque esses assassinatos são protegidos por leis, espera-se que nós nos sintamos indiferentes sobre essas mortes e nem sequer questioná-las. 

“Se você ficou horrorizado com a matança na Noruega, então seguramente é natural que você se sinta horrorizado com a morte de qualquer ser sensciente. Você não pode ignorar o sofrimento animal simplesmente porque os animais ‘não são nós’.” 

Ele acusou a impressa de sensacionalizar a tragédia norueguesa e dar ao suspeito, Anders Behring Breivik, a atenção que ele ansiava. 

Morrissey acrescentou: “Os assassinatos recentes na Noruega foram horríveis. Como é comum em tais casos, a mídia deu ao assassino exatamente o que ele queria: fama mundial. Nós não ficamos sabendo os nomes das pessoas que morreram; é quase como se elas não fossem importantes o suficiente. No entanto, o frenesi da mídia de tornar o assassino em uma espécie de estrela como Jack O Estripador é ... repugnante. Ele não deveria ser nomeado ou fotografo, apenas detido silenciosamente.” 
 
Fonte: Toronto Sun
Postar um comentário