29 de jul de 2011

Funcionária pública deve ser autuada pela Justiça por tratar de cães de rua

Uma funcionária da prefeitura de Monte Aprazível na região de Votuporanga (SP) é alvo de um processo administrativo e pode levar advertência formal por tratar de dois cães abandonados. 

A vítima do procedimento é uma atendente de farmácia de um posto de saúde em um bairro. Ela tem tratado dos animais perto do referido postinho, mas os ex-cães abandonados estariam ameaçando a segurança dos freqüentadores, por isso a mulher responde ao processo administrativo. 

Ela tem dez dias para se defender e já contratou um advogado.

Não é muito hipócrita da prefeitura entrar com um processo administrativo contra uma funcionária que faz o que a prefeitura deve fazer? 

Independente do fato de os cães terem se tornado territorialistas ao redor do posto, a questão é que a prefeitura falhou e se recusa a encarar sua responsabilidade.

Escreva para a prefeitura dizendo que castrar e promover adoções é a melhor forma de diminuir o problema de animais na rua. imprensa@monteaprazivel.sp.gov.br




Fonte: Regiaonoroeste.com
Postar um comentário