7 de jun de 2011

Leão levado do Zoo de Niterói foi morto em Brasília, diz direção do Zoonit

Mais uma vez os zoológicos mostram sua cara ... 

Transferido pelo Ibama do Rio de Janeiro do Zoológico de Niterói para o Zoológico de Brasília em 15 de fevereiro, o leão Yuri, de 15 anos, foi morto pelos veterinários da instituição da região Centro-Oeste. A informação, que ainda não foi confirmada oficialmente pelo Zoo de Brasília, foi comunicada na última sexta-feira (3) por telefone ao advogado da Fundação Zoológico de Niterói pela direção da instituição que recebeu a guarda do animal. Segundo a diretora da Fundação Zoonit, Giselda Candioto, a justificava para o sacrifício do leão inicialmente seria o fato de ele estar com leucemia. 

Num segundo telefonema, um veterinário informou que ele foi morto porque estava contaminado com o vírus da imunodeficiência felina (FIV). A notífica revoltou o veterinário e os funcionários do Zoonit. Na sexta-feira, Giselda enviou uma ofício ao diretor-presidente da Fundação Jardim Zoológico de Brasília, José Belarmino da Gama, pedindo explicações. (Leão levado do Zoo de Niterói foi morto em Brasília)
Postar um comentário