24 de mai de 2011

Baleias que quase encalharam na Escócia cuidavam de baleias doentes que morreram


O grupo de 60 baleias piloto que corriam o risco de encalhar em uma praia escocesa desapareceram ontem depois que duas delas morreram. Elas sumiram depois que o corpo de uma fêmea apareceu em uma praia em Loch Carnan em South Uist. Uma segunda baleia morta foi vista em uma ilhota próxima, mas equipes de resgate não puderam alcançá-la por causa do tempo ruim. 


Um exame post mortem da baleia encontrou evidência de uma infecção em uma região gordurosa de sua testa. O exame mostrou que cortes e arranhões no corpo da baleia não eram suficientes para causar sua morte. 

“Ficamos muito desapontados ao encontrar uma segunda baleia encalhada” disse Alisdair Jack, diretor do BDMLR, a organização de resgate marinho que cuidou da operação. “Nosso temor era que a primeira baleia não seria a última.” O grupo foi visto na enseada na quinta. Cerca de 20 baleias tinham machucados na cabeça que podem ter sido causados por barcos ou rochas próximas a praia. 

No ano passado cerca de 33 baleias piloto quase encalharam na mesma enseada. Menos de uma semana depois elas foram encontradas mortas em uma praia em Co Denegal. Baleias piloto preferem águas profundas mas dirigem até às praias para se alimentar de lulas, sua comida favorita. Calum Watt, principal inspetor da Sociedade Escocesa de Prevenção à Crueldade Contra Animais, disse que as baleias mantém laços sociais fortes. Isso significa que os animais saudáveis de um grupo seguem os doentes até a praia. 
  
Com informações do Daily Mail.
Postar um comentário