6 de mai de 2011

190 cães assassinados em Pristina, capital de Kosovo


Animais abandonados foram vítimas de mais um massacre pelas mãos de autoridades públicas. Desta vez a chacina aconteceu em Pristina, capital de Kosovo, uma região marcada por conflitos e guerra que criou uma enorme população de animais nas ruas ao longo dos anos. 


190 cães foram assassinados ao longo de uma campanha de extermínio que já dura três semanas na pequena região que declarou independência da Sérvia em 2008. 

Um vídeo registrou os gritos de agonia dos animais tentando escapar dos disparos de caçadores que foram contratados para fazer o serviço sujo. Protetores de animais locais reagiram indignados e apresentaram a prefeitura um abaixo-assinado com duas mil assinaturas. 

Além de cruel, a medida apenas cria mais problemas, disse Dennis Capstick, porta voz da ONG Animal Friends of Kosovo. “Cria-se um vácuo e outros cães vem de outras áreas. Você acaba com um problema maior, ele disse. 

Os caçadores se recusaram a falar com jornalistas ou permitir que eles os acompanhassem na matança noturna desde que imagens devastadoras apareceram no canal de televisão local Klan. A chacina foi supervisionada pela polícia e os corpos dos animais jogados em uma área fora de Prístina. O programa de extermínio vai continuar até o “problema” ser resolvido, as autoridades disseram. 

“Esse cães precisam de um abrigo e não de uma bala”, disse Aridan Again, morador de Pristina. “Nós já tivemos disparos demais nesta parte do mundo.” 

Comentário: mais uma vez as autoridades declaram a pena de morte para seres inocentes que já sofrem com a negligência e problemas causados pelos humanos, como a guerra. A solução é castrar os animais e pô-los para adoção. Violência atrai violência. Com informações da Associated Press.
Postar um comentário