26 de abr de 2011

Colcci: mais uma grife cai na armadilha das peles

Se ao menos os designers caíssem em armadilhas de verdade para sentir na pele o que os animais sentem quando capturados e mortos em nome de uma moda cruel ... 

Segundo uma postagem no Facebook, na nova coleção da Colcci se encontram peles sintéticas e peles verdadeiras. A grife diz que pele colorida é tendência. 

 

Citar o Ibama como uma referência de qualidade e sustentabilidade é realmente uma piada, pena que uma piada muito sem graça. E dizer que os animais são criados livres de maus tratos e crueldade, quando eles são assassinados, realmente é um insulto a inteligência de qualquer pessoa. 

Semana passada a Arezzo anunciou que retiraria uma linha de peças com pele de raposa depois de sofrer pressão por ativistas online. Agora é a vez da Colcci ouvir daqueles que se opõem a esse tipo de crueldade através da qual animais livres são capturados em seus habitats para virar acessório para pessoas fúteis e sem ética. 

Infelizmente o website não inclui nenhum formulário de contato, por isso sugiro que comecemos uma campanha no Twitter usando a hashtag #boicotecolcci para denunciar essa iniciativa cruel da empresa.  Peça aos seus amigos e familiares que não comprem da Colcci até eles retirarem peles de seu portfolio.
Postar um comentário