26 de fev de 2011

Fundador vegano do Twitter acredita que tecnologia pode promover compaixão


Durante uma recente palestra em Sarasota, nos Estados Unidos, Biz Stone, o co-fundador vegano do Twitter, disse que ele vê uma conexão entre o Farm Sanctuary, um santuário de animais resgatados de fazendas que o fez tornar-se vegano 11 anos atrás, e o que está acontecendo no Egito, Líbia e outros países árabes.

“Para mim tudo se resume em empatia”, ele disse. “Tecnologia em geral e especialmente mídia social, estão ajudando o mundo a ficar menor. Hoje em dia, você pode olhar no seu celular e ver o que está acontecendo no outro lado do mundo, sentir o que outras pessoas estão sentindo e sentir uma empatia a qual você antes não poderia sentir. Nós não somos cidadãos de um estado ou país mais; nós somos cidadãos do mundo. Farm Sanctuary te ajuda estender esse conceito e aprofundar a idéia de nós somos cidadãos do mundo.”

O Farm Sanctuary foi fundado por Gene Bauer 25 anos atrás para educar o público sobre o que acontece com os animais explorados por sua carne, ovos e leite. Hoje ele é uma referência nos Estados Unidos e conta com o apoio de várias celebridades.

Bauer também estava presente na palestra e disse: “Nossa preocupação não é apenas com os animais. Existem estudos que mostram que quando observamos os outros sofrerem, nós sentimos algo parecido com o que eles estão sentindo.”

Com informações do Herald Tribune 

Compartilhe essa postagem
Postar um comentário