18 de fev de 2011

Animais livres em exposição durante o carnaval paulista? De jeito nenhum

Repassando nota circulada esta tarde sobre mais uma atrocidade prestes a ser cometida contra animais, desta vez por sambistas paulistas. Notem a falta de escrúpulos do representante da escola de samba que admite a ilegalidade da idéia.

Ao ter conhecimento da matéria publicada no Jornal O Estado de São Paulo, noticiando que a agremiação denominada "Tom Maior" pretende levar ao Sambódromo de São Paulo uma jaguatirica e uma suçuarana (animais da fauna silvestre ameaçados de extinção), o deputado estadual Feliciano Filho enviou ofícios ao IBAMA de São Paulo e à Liga das Escolas de Samba de São Paulo para impedir que mais este abuso seja cometido contra os animais.
No ofício, Feliciano menciona a legislação vigente que protege os animais de tal exposição e salienta que o ambiente do Sambódromo é totalmente inadequado para a permanência de animais, por não reproduzir em nada o seu habitat natural, e ainda por submetê-los a um elevado nível de estresse por submetê-los a um som extremamente alto e à movimentação de milhares de pessoas, impedindo deste forma o seu decanso.
Feliciano aguardará o posicionamento dos órgãos, que será devidamente divulgado para à população.

Compartilhe essa postagem
Postar um comentário