17 de jan de 2011

Apesar da proibição no Rio, exposição de Oiticica volta a explorar papagaios em Brasília

Mais uma vez um espaço dedicado à arte e cultura entra em conflito com o bem estar animal. Porém desta vez trata-se de um caso reciclado já que os animais em questão são os papagaios da exposição de Hélio Oiticica, que causou problemas no Rio de Janeiro no ano passado.

Na ocasião, o desembargador Luiz Felipe Francisco cassou a liminar que havia sido concedida para a exploração dos papagaios na exposição Hélio Oiticica - Museu é o Mundo realizada no Paço Imperial. Ele explicou que os animais sofreriam pois estavam expostos em ambiente hostil com grande circulação de pessoas.

O mesmo se repete em Brasília, onde a exposição em cartaz no Museu Nacional Honestino Guimarães segue até 20 de fevereiro antes de seguir para Belém. Segundo a Dra. Ana Junqueira da WSPA, que averiguou a denúncia, em Brasília as aves se encontram em condições ambientais impróprias, iluminação adequada, ambiente escuro com  holofotes, ar condicionado intenso (os animais estavam com as penas arrepiadas durante a visita) e som alto. Eles estão expostos a estímulos permanentes, o que provoca um estresse nítido.

Enquanto o Ibama for conivente com esse tipo de exploração (como é neste caso) nos resta protestar e deixar bem claro que animal não é brinquedo e nem elemento de cena. Independente das condições em que o animal é exposto, a idéia de expô-los (=confiná-los) conflita com seu direito mais básico de ser livre.

Contatos para protesto:

Américo Ribeiro Tunes
Presidente do IBAMA substituto e Diretor da DBFlo - Diretoria de Uso Sustentável da Biodiversidade e Florestas


Nedir Camilo de Oliveira Ferreira
Chefe de Gabinete


Vitória Maria Bulbol Coelho
Assessora do Presidente


Clemeson José Pinheiro da Silva

Coordenador-geral de Autorização de Uso e Gestão de Fauna e Recursos Pesqueiros





Vitor Hugo Cantarelli
Coordenador de Gestão do Uso de Espécies de Fauna 


Luiz Eduardo Nunes
Superintendente do IBAMA no Distrito Federal

Denúncia do IBAMA Linha Verde
linhaverde.sede@ibama.gov.br


Compartilhe essa postagem
Postar um comentário