5 de nov de 2010

Morre a cadelinha que foi queimada viva em Palhoça (SC)

A pequena cadelinha Pedra, que foi barbaramente queimada na cidade de Palhoça (SC), não resistiu à atrocidade e aos graves ferimentos e faleceu ontem (4/11) pela manhã. A cachorrinha, que fora rebatizada de “Vida”, passava por tratamento e cuidados da veterinária Daniele Ody Spaniol, que juntamente com sua equipe da Clínica Veterinária Palhoça, lutou para reverter o grave quadro em que se encontrava o animal. O corpo do animal encontrava-se com 85% de queimaduras e o estado era muito grave. (Ler mais +)

Compartilhe essa postagem
Postar um comentário