11 de out de 2010

Botox e produtos químicos aumentam número de cobaias na Europa

A comissão européia disse que Botox é injetado em cerca de 87 mil ratos para testes de produtos antes que a droga anti-rugas seja injetada em humanos. Esse número era de 33 mil em 2005.

Segundo um novo relatório da comissão, testes de Botox são a principal razão pela qual a experimentação animal continua a crescer, já que o teste é exigido antes que o produto possa ser administrado em humanos.

Os dados foram revelados em um relatório lançado recentemente que diz que ao todo cerca de 12 milhões de animais foram usados em experimentos científicos na União Européia em 2008, mais ou menos o menos número encontrado em 2005.

Segundo o relatório os testes de toxicologia usaram o mesmo número de cobaias e representam 8.7% do total. 38.1% dos animais foram usados em chamados ‘estudos fundamentais de biologia’, 22.8% em pesquisa e desenvolvimento, 10.9% em controle de qualidade e 1.7% em educação, além de outros.

A projeção é que nos próximos anos cerca de nove milhões de animais serão vitimados pela indústria de testes. Isso por causa de uma nova legislação chamada REACH, que exige testes de todas as substâncias químicas comercializadas na Europa até 2018. E com o crescimento do uso de Botox, esse número deve ser maior ainda.

Compartilhe essa postagem
Postar um comentário