19 de ago de 2010

Revista Time apoia o conceito do ‘vegetariano durante a semana’

Flexitarianismo, onívoro consciente etc. As nomenclaturas para descrever as dietas atuais são muitas, mas em geral servem apenas como variações da dieta predominante com um elemento ‘verde’ para desencargo de consciência.

A revista Time publicou um artigo dando publicidade a mais um desses novos termos: ‘vegetarianismo durante a semana’. Ou seja, nos fins de semana, esse tipo de ‘vegetariano’ pode comer produtos animais também.

A idéia foi lançada por Graham Hill (foto), fundador do website verde Treehugger que acha que qualquer redução no consumo de carne é benéfica para o planeta e que nem todo mundo tem a disciplina para ser vegetariano em tempo integral.

Em relação ao novo conceito, o filósofo Peter Singer disse que “as pessoas deveriam ir além, mas não deixa de ser um progresso na direção certa”.

Já a presidente da PETA (Pessoas Pelo Tratamento Ético dos Animais), Ingrid Newkirk, apoiou sem restrições a iniciativa, o que confirma que a organização está cada vez mais longe de promover o veganismo. Ingrid disse que não podemos adotar uma postura de ‘tudo ou nada’ e que qualquer redução do sofrimento animal é sempre benvinda.

O problema é que o vegetarianismo em si não reduz o sofrimento animal, já que em geral inclui leite e ovos, cujas indústrias são notórias pela crueldade contra os sujeitos por elas explorados. Além disso, se realmente desejarmos mudar o paradigma antropocêntrico que vem destruindo o planeta e oprimindo os não-humanos, não podemos nos comportar como ‘turistas gastronômicos’. Em termos de longo prazo, isso não vai surtir efeito algum.

Veganismo não é sacrifício e não é uma coisa radical como muitos dizem. É uma dieta saudável que nos coloca em contato com uma gama maior de alimentos, por isso ela pode ser agradavelmente surpreendente. Talvez não seja possível para todo mundo tornar-se vegano da noite para o dia, porém o veganismo deve ser sempre o objetivo final de quem fazer uma transição incremental nesse sentido.

Com informações da Time

Compartilhe essa postagem
Postar um comentário