9 de mar de 2010

Ativistas são atacados por interceptar caminhão com animais para abate na Índia

Membros do grupo de bem-estar animal People For Animals (Pessoas pelos Animais, em português) alegaram terem sido atacados e vítimas de disparos na noite da última sexta-feira (05), por interceptarem vários caminhões cheios de animais que seriam levados para abate.

Os ativistas interceptaram vários caminhões que estavam indo para os matadouros de Ghazipur, na Índia. “Tinham vários búfalos amontoados nos caminhões. Seus olhos haviam sido arrancados e seus membros quebrados. Já estavam semi-mortos”, disse Saurabh Gupta, membro do People For Animals.

Logo depois, um grupo atacou os ativistas pelos animais, ameaçando-os.

“Fomos ameaçados, disseram que não iriam mais deixar ninguém atrapalhar um transação de matadouros. Quando fugimos num veículo, fomos seguidos, e atiraram em nós”, relatou Gupta.

O ato de prevenção à crueldade contra animais (em inglês, Prevention of Cruelty to Animals) limita formas de transportar animais. Uma queixa foi prestada na polícia por violação ao ato de prevenção à crueldade contra animais, e três pessoas foram presas.



Compartilhe essa postagem

Postar um comentário