19 de mar de 2010

Adotar animais em perigo é a única forma ética de tê-los em nosso convívio

Essas fotos, feitas em Florianópolis no local de um mercador de vidas vulneráveis que a sociedade eufemisticamente chama de ‘criador’ mostra porque além de contribuir para a indigência animal, esses exploradores são sádicos sem coração.










Compartilhe essa postagem

Postar um comentário