11 de jan de 2010

Entidades tentam barrar uso de cavalos e jegues na Lavagem do Bonfim


A presença de cavalos e jegues na Lavagem do Bonfim pode ser impedida, caso a Justiça acate uma ação civil pública que será impetrada nesta segunda-feira (11). O processo é movido pela 2ª Promotoria do Meio Ambiente do Ministério Público Estadual, seccional baiana da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-BA), em conjunto com a Associação Brasileira Terra Verde Viva e Associação Célula Mãe, ambas ligadas à defesa dos animais.





Compartilhe essa postagem
Postar um comentário